“É um modelo central na Teoria Integral.

O quadrante SUPERIOR ESQUERDO cobre os aspectos interiores-individuais da consciência, como estudado pela psicologia do desenvolvimento, tanto na sua forma convencional quanto contemplativa.


O quadrante INFERIOR ESQUERDO cobre os aspectos interiores-coletivos da consciência, como estudado pelas ciências da cultura: psicologia cultural e antropologia.

O quadrante SUPERIOR DIREITO cobre os aspectos exteriores-individuais da consciência, como estudado pela neurologia e ciência cognitiva.


O quadrante INFERIOR DIREITO cobre os aspectos exteriores-coletivos da consciência, como estudado pela sociologia.

A cultura Ocidental tende a super enfatizar os quadrantes do Lado Direito (ciência do cérebro, sociologia), e negligenciar os quadrantes do Lado Esquerdo (introspecção, cultura humana).

O modelo integral da consciência compensa esse desequilíbrio ao apontar a importância dos quadrantes do Lado Esquerdo.

Uma maneira de compreender o modelo dos Quatro Quadrantes é ver o quadrante SUPERIOR ESQUERDO como primário e os outros três quadrantes como as várias maneiras que a consciência individual está condicionada pelo cérebro físico, influências culturais e estruturas sociais.

bigstock-Blue-brain-outline-flares-22377233

Loft-onde-morou-em-Denver

Antigo loft onde Ken morou em Denver (Foto: Moacyr Castellani)

Uma visão mais radical é ver os Quatro Quadrantes como as quatro maneiras nas quais o “Espírito Universal” simultaneamente se manifesta.

Todos os quadrantes interagem mutuamente um com o outro. Um estágio específico do desenvolvimento individual (por exemplo mente abstrata) se reflete em um estágio de desenvolvimento neurológico (por exemplo o neocórtex), um estágio de desenvolvimento cultural (por exemplo racionalização) e um estágio de desenvolvimento da sociedade (por exemplo industrialização).

A combinação dos quadrantes com os níveis gera a abordagem “todos os quadrantes, todos os níveis” da Filosofia Integral.”

Texto original: The World of Ken Wilber (www.worldofkenwilber.com)
Traduzido por Priscila Campello e Moacyr Castellani

Curta no Facebook!